Conhecendo o Black Sheep e seu menu saboroso e irreverente

Bistrô Black Sheep traz para Campinas menu saboroso e irreverente

IMG_7063Como muitos por aqui sabem, sou gaúcha e apaixonada por carne! A convite do Black Sheep fomos conhecer a nova casa de campinas.

Foi uma noite incrível, com pratos de sabor sem igual.Como comentei no Instagram se existe um restaurante no paraíso alguns desses pratos com certeza fazem parte do menu!

Os apreciadores de alta gastronomia de Campinas e Região ganharam um novo espaço para saborear pratos da cozinha contemporânea. Inaugurado em março deste ano, Black Sheep é um bistrô irreverente e cheio de personalidade, localizado em um dos mais importantes polos gastronômicos da cidade, o Cambuí, que traz em seu menu preparações com influências da culinária neozelandesa.

O menu, assinado pelo chef Mauro Tavares, que é também proprietário ao lado de Acácio Nepomuceno, possui iguarias finamente apresentadas, inclusive com a utilização da gastronomia fusion. Uma salada com toque defumado, um sorvete em nitrogênio líquido, entradas inusitadas e apresentações surpreendentes prometem agradar os apreciadores de um bom e farto prato. Minhas especiais recomendações a esta salada com toque defumado, degustar essa salada é uma experiência de outro planeta! Vejam nosso vídeo no Instagram. IMG_7072

As carnes da casa – como os cortes “New York Strip” e “Prime Rib”, por exemplo – são preparadas no “sous vide”, um equipamento que cozinha com precisão os alimentos embalados à vácuo, em baixa temperatura e por longo prazo. O resultado são proteínas macias e suculentas, pois são mantidos os sucos das carnes.

Interessante destacar que tudo o que sai da cozinha para a mesa do cliente é feito ali mesmo. “Não tem pozinho mágico em nada, tudo é feito dentro da nossa cozinha. Os pães que você vai consumir no antepasto são feitos aqui, o bolo que completa a sobremesa também é feito aqui. Tudo artesanal, tudo produzido com ingredientes de qualidade”, comenta o chef.

IMG_7079 IMG_7090 IMG_7097E eu posso confirmar que são incríveis esses pãezinhos!

Com acomodação para 65 pessoas, o espaço foi primorosamente decorado para trazer aconchego e jovialidade ao mesmo tempo.  “A nossa ideia é ser um bistrô diferente de tudo o que há atualmente em Campinas, oque explica o nome Black Sheep, tanto em nossos pratos, como no espaço e até na trilha sonora que escolhemos marcar nossa identidade”, explica Acácio Nepomuceno.

A casa possui uma carta de vinhos com cerca de 70 rótulos, de diversas nacionalidades como Brasil, Argentina, Chile, Estados Unidos, Espanha, França, Itália, Portugal, e claro, Autrália e Nova Zelândia. Para melhor harmonização das iguarias servidas no Black Sheep, os clientes irão contar com o serviço de Amauri Sulsbach, sommelier reconhecido em Campinas.

Sobre o chef

Mauro Tavares se apaixonou pela gastronomia durante o ano (2010) que morou na Nova Zelândia, onde fez cursos rápidos no setor.

Já no Brasil em 2011 estudou gastronomia e, posteriormente, em 2013 retornou à Nova Zelândia para se especializar na culinária do país. O chef contabiliza passagem por cozinhas de diversos restaurantes de Campinas. IMG_7086 IMG_7089 IMG_7074 IMG_7095

Serviço
Black Sheep Gastronomia
Rua dos Bandeirantes, 270, Cambuí, Campinas
Aberto de terça a sábado no jantar e domingo para almoço
Horário de Atendimento: terça e quarta – das 19h às 23h, quinta – das 19h 23h30 -, sexta e sábado – das 19h às 0h-, domingo 12h às 16 horas.
Telefones: (19) 3252-6126/3254-7334
Reservas por telefone ou e-mail:
blacksheepgastronomia@gmail.com
Forma de pagamento: dinheiro, cartões de débito e crédito (Visa, Mastercard e Diners)
Ocupação: 65 lugares
Facebook.com/Black Sheep Gastronomia
Instagram @blacksheepgastronomia

 

Compartilhe...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterPin on PinterestPrint this pageEmail this to someone

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>